Baratas

BARATAS

Características gerais: As baratas pertencem ao grupo dos insetos mais antigos do mundo (aproximadamente 300 milhões de anos) Mais de 3.500 espécies de baratas (1% são do-mésticas) *Grande capacidade de adaptação; *Hábito onívoro; *Elevado potencial reprodutivo; *Hábitos noturnos; *Antenas filiformes e multisegmentadas com função táctil e olfativa; *Aparelho bucal mastigador com fortes mandíbulas que roem tudo panos pêlos, gorduras, pinturas, mel, percevejos domésticos, pão, carne, batata, livros; *As baratas recém-nascidas ( larvas ) tem o mesmo formato que as adultas diferindo pelo tamanho; *Na ultima fase do desenvolvimento ( ninfas ) já apresentam asas; *Transmitem certas doenças veiculadas através dos alimentos que elas tem contato; *Veiculam organismos patogênicos, como: bactérias, vírus e protozoários, responsáveis por doenças como: Cólera, Difteria, Diarréias, Toxoplasmose, etc.

Biologia geral das baratas: As baratas em geral (referimo-nos às espécies domésticas), são insetos de hábitos noturnos, ou seja, são mais ativas a noite quando saem de seus esconderijos em busca de água, alimento e para acasalar. Elas podem ser observadas de dia quando ocorrem condições especiais tais como o excesso de população ou quando uma forma de “stress” está presente (falta de alimento ou água). Gostam de ambientes úmidos e muitas espécies preferem um calor ambiental relati-vamente alto. São “omnívoras”, isto é, comem de tudo ( vegetal ou animal ), sendo especialmente atraídas por alimentos doces,gordurosos e de origem animal; com tudo, podem alimentar-se de uma grande variedade de outras substâncias como queijos, cerveja, cremes, produtos de panificação, colas, cabelos,células descamadas da pele, cadáveres e matérias vegetais. As baratas apreciam muito abrigar-se no interior de fendas e rachaduras, onde encontram abrigo, calor e umidade. As baratas de esgotospodem viver em grandes grupos sobre as paredes nuas, quando não houver riscos no ambiente, especialmente seus predadores naturais.
Embora não sejam animais sociais e gregários como as abelhas e formigas, as baratas podem formar grandes grupos que vivem em conjunto. Embora as baratas sejam andarilhas excep-cionais, seu melhor meio de locomoção é a “carona”! Possuem uma habilidade notável para esconderem-se emengradados, caixas e sacos, sendo assim confortavelmente levadas de canto a outro e disseminadas mundo afora. As baratas desenvolvem-se por metamorfose gradual em três estágios: ovo, ninfa e adulto. A fêmea produz um estojo protetor dos ovos, em forma de bolsa fechada, chamada de öoteca”, a qual contem duas fileiras de ovos cujo número varia conforme a espécie. As ninfas rompem a ooteca trabalhando juntas e saem para iniciar sua vida de perigos. Parecem-se com os adultos, embora não tenham asas e de tempos em tempos sofrem mudas e crescem. Assim que passa por uma ecdise (muda), a ninfa recém saída de sua casca anterior é de cor muito clara, praticamente branca, mas escurece em algumas horas. Depois da última acdise surge a barata adulta que já tem as asas completamente formadas e é sexualmente madura, há espécies cujos adultos não possuem asas ou são elas atrofiadas. O tempo que vai do ovo á idade adulta e os períodos de duração de cada fase variam segundo a espécie e também com certas condições de temperatura ambiental, o grau de umidade, o teor de proteína de sua dieta alimentar e outras condições do meio ambiente.

Baratas de cozinha

Campeã de proliferação, sobrevivente por hábito, freqüentadora das melhores cozinhas, dos melhores hotéis e das melhores mesas em todo o mundo, as pequenas baratas de cozinha constituem-se, sem sombra de dúvidas, na praga doméstica que maior preocupação traz aos proprietários. A popularmente chamada barata de cozinha que,no Brasil recebe outros nomes como “francesinha”, “alemanzinha” ou ainda “paulis-tinha”, pode ser diferenciada das demais espécies de baratas pelo seu pequeno tamanho (1,5 a 3cm de comprimento) e por possuir duas faixas longitudinais mais escuras no escuro protetor da cabeça) o “pronoto”). As fêmeas carregam consigo o estojo de ovos até quase o momento da eclosão e produzem de quatro a oitos ootecas durante sua vida. Dentro de cada uma delas, existem de 30 a 448 novas baratinhas que 28 dias após sua formação inicial, saem da ooteca. Há cerca de seis ou sete estágios ninfais até a idade adulta, esse período varia de 40 a 125 dias, dependendo das condições ambientais e outros fatores como uma dieta favorável.
A duração da fase adulta pode chegar a um ano, mas via de regra, essa barata morre antes disso por várias causas. Essa espécie de hábitos noturnos, costuma esconder-se em grandes grupos,em lugares próximos à fonte de alimento e à umidade, o que faz das cozinhas o seu lugar preferido. Gostam de descansar em contato com madeiras se houver. Apresentam uma especial preferência por alimentos fermentados e resíduos de bebidas (atenção: elas adoram cerveja e leite). Os adultos podem viver até um mês sem alimentos, desde que haja água, mas as ninfas só resistem 10 dias ao jejum total. Sem água, os adultos morrem em duas semanas. Chamamos a atenção do cliente para essas informações genéricas sobre a biologia dessa espécie. O mais atento já terá percebido que sobre esse conhecimento repousa a metodologia de combate capaz de surtir melhores resultados.

Baratas de esgoto

A duração da fase adulta pode chegar a um ano, mas via de regra, essa barata morre antes disso por várias causas. Essa espécie de hábitos noturnos, costuma esconder-se em grandes grupos,em lugares próximos à fonte de alimento e à umidade, o que faz das cozinhas o seu lugar preferido. Gostam de descansar em contato com madeiras se houver. Apresentam uma especial preferência por alimentos fermentados e resíduos de bebidas (atenção: elas adoram cerveja e leite). Os adultos podem viver até um mês sem alimentos, desde que haja água, mas as ninfas só resistem 10 dias ao jejum total. Sem água, os adultos morrem em duas semanas. Chamamos a atenção do cliente para essas informações genéricas sobre a biologia dessa espécie. O mais atento já terá percebido que sobre esse conhecimento repousa a metodologia de combate capaz de surtir melhores resultados.
As jovens ninfas que emergem da ooteca vão sofrer entre nove e treze ecdises (mudas de casca), antes de atingirem a maturidade, o que leva cerca de 160 a 971 dias, novamente dependendo de certas condições ambientais, principalmente o teor protéico de sua dieta alimentar. As ninfas vivem sempre misturadas aos adultos formando grandes grupos que procuram lugares escuros e úmidos para seus esconderijos, porões são particularmente interes-santes para as baratas americanas, bem como a rede de esgotos, caixas de gordura, fossas, ralos, armários da cozinha, embaixo das pias, etc. Freqüentemente podem ser encontradas fora das residências, em locais sempre próximos à água ou bastante úmidos.As baratas de esgoto alimentam-se de uma grande variedade de alimentos, mas parecem ter uma preferência pôr matéria orgâ-nica em decomposição. São atraídas por substâncias doces e pelo gosto amargo. Os adultos podem sobreviver a dois ou três meses sem comida, mas só a um mês sem água. Sua vida média, em condições normais, oscila entre 14 e 15 meses.